Follow by Email

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Plano Diretor de Transporte e Mobilidade Urbana e Rural para Vassouras Já!

          Urge se promover a criação de um Sistema Estrutural Integrado (SEI) de Transportes e mobilidade urbana e rural, de forma a reduzir a falta de uma infraestrutura no setor, visto ser quase que inexistente.                   Todos os dias nos deparamos com pessoas apontando a falta de estrutura no serviço de transporte urbano e rural, assim como de mobilidade.  Se vê vários agrupamentos em situação de isolamento, em função da falta de um  Plano de Mobilidade integrativo de todos os recantos de Vassouras. 
       Se faz necessário uma maior integração do Sistema de Transportes, onde haja a melhoria da infraestrutura da malha viária existente e a criação de novas malhas viárias e outros tipos de transportes alternativos, de forma a contemplar até mesmo o mais recôndito dos lugares, pois Vassouras atualmente só conta com um tipo de transporte público que circula nos limites da cidade, se  fazendo necessário o investimento em sua reestruturação e a implantação de diferentes modais (carros, ônibus, carris, trem, bicicleta, motocicleta, teleférico, Veiculo Leve sobre Trilhos, Monotrilhos e até mesmo  pequenas embarcações ou barcos para atender alguns poucos insulares, de forma a se evitar acidentes com pequenas embarcações como já ocorreu, levando a óbito seus ocupantes).
           
                                         Modelo de Parada de ônibus utilizadas em São Paulo


                  Novo ônibus da Volvo para linhas pouco utilizadas, oferece conforto e segurança




                                                                         Trólebus 


Veiculo Leve sobre Trilhos - VLT
              


         "Embarcação movida a energia solar 
O protótipo, desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)" - Portal do MEC. 
                     (Algumas modalidades de transporte - as fotos   estão referenciadas abaixo)

                 A   questão da mobilidade passa pela construção de vias paralelas as Rodovias que cortam o município de forma a que se tenha calçada ligando o município de uma ponta a outra, inclusive com a construção de Ciclovias e passagem subterrâneas ou mergulhões a pelo menos 200 m entre uma e outra, principalmente em todo o trecho cortado pela RJ 393, visto o grande número de acidentes (atropelamentos) ocorridos na mesma. Aos moldes do Mergulhão de Duque de Caxias ou semelhante a da imagem abaixo.

                                            Vereador quer construção de passagem subterrânea próxima a UNIVIX
                                                      http://maxdamata.com.br/?p=2315
               Será um grande ganho para a cidade e principalmente para os crescentes Bairros que cortam a cidade. 

                  A questão da Mobilidade perpassa ainda pela reconstrução de calçadas em acordo com as necessidades dos cadeirantes entre outros, pois a inexistência de calçadas é uma constante, assim como calçadas totalmente em desacordo com a legislação. 
                     Não dá mais para esperar Implantação do Plano Diretor de Transportes e Mobilidade Já e Participativo. O povo precisa apontar suas necessidades e onde realmente as coisas não estão funcionando. 

Referencias Utilizadas:




Nenhum comentário:

Postar um comentário